Olha só!, é um blog olho no olho, quero dizer, palavra no ouvido, grito no espaço, segredo e colapso público. É pra conversar um pouco pois é conversando que a gente se entende. Um pouco. Em tempo: todas as fotografias são do mesmo autor dos textos.
Domingo, 28 de setembro de 2014
INVENTO

 

conheço ventos

em areias

em mares


conheço vendo

sorvendo

bebendo


conheço ventos

tênues brisas

densos tornados


me açoitando

com os cabelos

me lambendo

com linguagens


conheço ventos

sopros de vidas

mortos de sustos


me cegando

com entulhos

me clareando

as palavras


conheço ventos

de cheganças rápidas

de longas partidas


conheço ventos
 

ventos de terra

terras nos ventos


ventos de água

águas dos ventos


ventos de fogo

fogos nos ventos


ventos de ar

ares dos ventos


conheço ventos

que me desconhecem

 

 

27.09.2014.

Domingo, 7 de setembro de 2014
SETA


em cada coração há um carvão

que pode se tornar um diamante

assim como habitam o mesmo chão

desejos de mais perto ou mais distante

assim como respiram o mesmo ar

vontades de ficar ou ir adiante

 
em cada uma ostra há um só grão

que pode se tornar mais uma pérola

assim como o sol nasce num clarão

ou manso como entreabrir de pétala

assim como rebrilham no luar

dez fés e cem amores e mil metas

 
em cada coração

em cada concha

existem e haverão

sempre promessas

 
que entre nós

perdure a comunhão

e o amanhecer

de coisas sempre belas


13.08.2014.

Páginas
1