Olha só!, é um blog olho no olho, quero dizer, palavra no ouvido, grito no espaço, segredo e colapso público. É pra conversar um pouco pois é conversando que a gente se entende. Um pouco. Em tempo: todas as fotografias são do mesmo autor dos textos.
Sábado, 28 março de 2015
A VOCÊ


não nunca existe

vivente bicho

planta ou gente

mais lindo que você


porque você

é quem eu vivo

quando te amo

do romper

ao pôr

dos dias


porque tudo

existe mas não

tão sem ilimite


do que

a você

em mim


do que

o eu

de você

 

28.03.2015.

para Marta Raggi, querida. 

Quinta, 19 de março de 2015
DUOS & POSSÍVEIS SOLOS & ORQUESTRAÇÕES


minhas mãos não tem ideologias. nem a direita, nem a esquerda.

os nossos lados esquerdos do cérebro, que comandam as partes direitas de nossos corpos,

nossas partes direitas do cérebro que dirigem os lados esquerdos de nossos esqueletos e órgãos,

nenhum e nenhumas de minhas e nossas

partes, lados ou mãos

deixam de se dar

com as outras, com os outros.

 

creio que meu corpo é um cidadão que se respeita

e aos outros

organismos viventes.

meu corpo não é contra a respiração, transpiração

ou câncer ou anorexia ou albinismo ou hansiníase ou obesidade

de ninguém.

 

minhas mãos querem acariciar,

minha mente quer acarinhar,

meu corpo quer aveludar

o que não seja

o corte

o assassínio

o esquartejamento

do futuro.

 

o que é em mim

homem e deus,

o que é em nós

criação

se nutre da certeza da dúvida

da impotência da humildade

da independência de partidos

ou chegados,

de distantes ou

albergados,

no desejo da alma ou

no corpo do prazer.

 

meus testículos não tem ideologias. nem o
esquerdo, nem o direito.

eles sempre se uniram,

separados,

como irmãos e amigos,

para criar novas vidas.

 

sempre sabendo

que viver não é o melhor abrigo

e morrer não é o melhor achado.

 


16.03.2015.

Páginas
1