Olha só!, é um blog olho no olho, quero dizer, palavra no ouvido, grito no espaço, segredo e colapso público. É pra conversar um pouco pois é conversando que a gente se entende. Um pouco. Em tempo: todas as fotografias são do mesmo autor dos textos.
Domingo, 22 de novembro de 2015
IMPINGIDO

 

pensei em sentir solidão

mas era só saudade

e a força que faz a lua

superar as suas fases

me fez de novo o amador

que ancorou suas viagens

mas reuniu em ti

um universo de visagens

pensei em perder o chão

mas era só vertigem

e a fama que traz a alcunha

inventar outra imagem

me impôs de novo ser virgem

inocente com bagagens

e resumiu em mim

estes versos, esta impigem

pensei em vibrar comigo

pensei em poder voar

sempre é só

o sol a pino

sempre é solo

a luz lunar

22.11.2015.

Sexta, 20 de novembro de 2015
CLARA GEMA

 

o amor é um pássaro

que não carece só de ventos

ou brisas

mas de ares de descanso

galhos, pousos, recônditos

voos largos

pausas precisas

 

o amor é um lábaro

que não precisa só de mastros

acima

mas de lares de apoio

salas, quartos, corredores

sons calmos

almas concisas

 

o amor é

e sendo se confirma

tanto como bicho ávido

como bandeira encolhida

 

e é

porque carece tempestades

e também colos e companhias

como o maior de todos os condores

feito de um ovo

o solo

de mais uma nova vida


20.11.2015.

Terça, 10 de novembro de 2015
FÉRTIL VALE


para você eu sempre hei de ter palavras
nem rentes aos hinos mais doces
ou quentes nos mimos
das bocas
mais ferventes
moldando os sinos
nas siderúrgicas fornalhas
aqueles que irão badalar
seus tons cristalinos
depois da forja
após esfriar
a ânsia do trabalho
da poesia
quando reler redizer recompor
é um acalentante bafio


para você eu sempre haverei de ver
palavras no ar
como uma nuvem
como uma prece
como a energia do olhar
como cantigas no vento
sempre nenhuma muda
ou alguma morta
palavra sem ira
irá
infernal ou celestialmente
nos habitar
quando rever reviver reimpor
é um apaixonante desafio


e isso vale para todo dia
semana mês ano
vale para que corra o rio

 

10.11.2015.

Páginas
1