Olha só!, é um blog olho no olho, quero dizer, palavra no ouvido, grito no espaço, segredo e colapso público. É pra conversar um pouco pois é conversando que a gente se entende. Um pouco. Em tempo: todas as fotografias são do mesmo autor dos textos.
sexta, 28 de julho de 2017
CURADORA


é ela que me sabe as artes
e artifícios em fogos e cinzas
e cores vibrantes e meios tons
e semitons e desafinações
e bossas velhas e novas

é ela que me apura as partes
aquelas esquecidas no corpo
envelhecido e no todo da memória
escondida dos prazeres
é ela que reacende o pavio
que ilumina o livro
de toda história

é ela que é a vidente
a xamã e a dona de todo oráculo
que me traz o bom do bem viver
e alerta o bem vivido e o bom de fato
é ela a maga e a cientista
que examina o que sou e faço
me dá a sua designa
o signo de ser bicho e gente

é ela que me engole todo
me come e me digere e gesta
e faz a criação ser festa
e cria e me empresta milagres
é ela minha companheira
mais que curandeira
ou que tratadora
é ela a minha tradutora
na vida e nas minhas linguagens

28.07.2017.

quarta, 26 de julho de 2017
TEMPORAL


não há tempo
o que vive é sonho a ventar

não há tempo
a perder
ou ganhar

o que corre é o desejo
contra a morte
é o paladar
frente a fome
é a sensibilidade
enfrentando a ignorância
são as fases da lua
e as marés dos mares
a nos ensinar
o perpétuo e o inédito
do ser e do estar

não há tempo
o que há é vida a girar
a gravitar

não há tempo
a desmedir
ou barganhar


22.07.2017.

quinta, 20 de julho de 2017
TRADUZ



me pisca o olho
e remete luz
cisca o passado
afirma o hoje
arrisca o sempre
sente o que seduz


tempera o molho
e me serve sóis
meça o passado
expressa o hoje
impera o sempre
linhas num retrós


e tudo serão lençóis
com cheiros de alcaçuz
e nada que se usufrui
será a sós
serão para nós
todos
os azuis


19.07.2017.

Páginas
1 2 Próxima >  Última >>