Olha só!, é um blog olho no olho, quero dizer, palavra no ouvido, grito no espaço, segredo e colapso público. É pra conversar um pouco pois é conversando que a gente se entende. Um pouco. Em tempo: todas as fotografias são do mesmo autor dos textos.
domingo, 10 de dezembro de 2017
SUMIU

 

acabou para mim
o que seria propriedade
o que fosse conquistar
não como valor físico
mas amor próprio
livre do financeiro
e da pessoal mentira

 

se finou em mim
o horizonte de possível felicidade
o que fosse buscar
no fim do fosso
algo de dignidade

 

se findou em mim
o gesto de humanidade
a fresta provável da bondade

 

se varreu de mim
a minha, a sua, a nossa
tentativa de honestidade

 

10.12.2017.

sábado, 9 de dezembro de 2017
QUARADOURO

 

é vela a cara do luto

não é negra, é alva

a tez da luta

contra a morte de tudo


da vida, do amor

dos conceitos resolutos

das doenças incuráveis

dos desejos insaciáveis

do pleno e do absoluto


é branca a pele do luto

é lívia a sede da luta

é negra a escuridão da noite

é anil a face da vida

 

09.12.2017.

quarta, 6 de dezembro de 2017
POETA


tenho em mim
uma completa competição
entre o amor e a poesia

 

então deixo que corram
dentro de mim
e se latam e se miem
e estiquem e encolham
se tornem feras, quimeras
que andem léguas
que batam folhas

 

estão integralmente em mim
a poesia e o amor
então que me façam
o que me queiram

 

eu não sou literatura
sou só o que decido
os particípios, sou
e fui e venho e vou

 

e voo!

 

18.11.2017.

Páginas
1 2 Próxima >  Última >>