Olha só!, é um blog olho no olho, quero dizer, palavra no ouvido, grito no espaço, segredo e colapso público. É pra conversar um pouco pois é conversando que a gente se entende. Um pouco. Em tempo: todas as fotografias são do mesmo autor dos textos.
terça, 20 de março de 2018
PINGA


amar é soda

cáustica

olhar de cobra

verso na folha

canção mágica

suor na colcha

música solta

rir de uma anedota

chorar de tanto mentir


amar é solda

ótima

grudar de dedos

isso naquilo

canção sórdida

suor nas coxas

música afoita

ir para além do nada

chorar cachaça

ao invés de lágrima

20.03.2018.

Simbologia na foto: Lula Espírito Santo.

domingo, 11 de março de 2018
ACUIDADE

 

cuidado comigo, viu?

não por perigo

mas é que sou feito de vidro

e de repente te firo

quando quebrado


como qualquer copo

feito na pia um prato


é que eu sou feito de ferro

e posso ser o seu erro

enferrujado


feito mais um cadeado

ou um cofre
sem chaves


tenha cuidado

carinho e tempero

com o que você quer

e eu persigo

talvez venha pobre

rico em desmazelos

ou então sobre

feito joio do trigo


amor sem atraso

um ninho e um berço

um todo querido

com todo valor

que te sinto

dobrando os joelhos

sorrindo de ardor

desde os poros íntimos


mas é que eu sou feito de lã

e de repente ser fã

desalinha os sentidos


cuidado com isso

apenas tenho

compromisso

comigo


e contigo

só se me quiser

como amor e amigo

 

24.02.2018.

Arte na foto: Paulo de Carvalho.

sábado, 10 de março de 2018
NOSSAS NUDAS VESTES


não somos doentes
mas entes que se elaboram
muito mais entre
o presente e o passado
sem aparas para sermos sempre

 

somos dolentes
sensíveis
inacreditados várias vezes
revoltados condescendentes

 

que creem
no olho a olho
no corpo a corpo
na pele na pele

 

e nossa arma
é este amor
tamanho
que nunca de nós se despede


26.02.2018.

Páginas
1 2 Próxima >  Última >>