Fotografia

Baião da Vida
(Paulo Ciranda/Marco Valença) canta: Paulo Ciranda
Lista de músicas


Eu não ensino minha sina
E se algum verso não tem rima
É que a vida descasou seu par
Se dou o metro do meu verso pra você
Eu não sou rei eu quero só principiar

Eu não ensino minha sina
E se algum verso não tem rima
É que a vida desandou em algum lugar
Se dou o metro do meu verso pra você
Eu não sou rei eu quero só principiar

É que o meu fazer
Às vezes é crendice
De poder ser príncipe
De só de cantar

É que o meu poder
É só meninice
Que quer falar alto
Sem saber mandar

Pra ser bom de baião precisa zabumbar
E fazer o alfabeto se multiplicar
Pra ser versejador precisa labutar
Dia e noite, noite e dia
E sem pestanejar

Download desta música